Ser paraense não é uma opção é uma paixão incontrolável! Sabores únicos e paisagens belíssimas, onde só quem conhece para saber o quanto pai-d'égua é o Estado do PARÁ...

Normas Gerais de Circulação e Conduta no Trânsito

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

O trânsito de Belém (RMB), está cada dia pior. Motoristas que usam o acostamento para transitar, ultrapassar, estacionar, namorar, etc. Pessoas parando em local proibido, no meio da via ou em fila-dupla. Os donos da rua circulando 10 km/h do lado esquerdo em vias expressas, etc. Sem contar nos "porcos" que circulam até em carro de luxo, jogando lixo ou bituca de cigarro nas vias.

Alguém já viu aquele desenho que o Pateta ao entrar no carro incorpora o "Dr. Volante" e passa a ser o dono da rua?  Pois eh, aqui tem vários motoristas incorporando o "Dr. Volante". Esse exemplo é perfeito para comparação com o trânsito da nossa capital e RMB. (Veja o video abaixo)


Costumo dizer que, se queremos mudanças no trânsito devemos primeiramente mudar nossas atitudes e após tentar mudar o próximo.

Será que o seu tempo é melhor que o meu??? Porque eu tenho que deixar as pessoas que estão trafegando pelo acostamento entrarem novamente na via ao ver um policial??? Deixo porque não quero bater o carro, mais é muito injusto esperar no engarrafamento e um "espertinho" vindo do acostamento querer entrar na marra na nossa frente.

Outro ponto que é muito difícil de assimilar é como as pessoas tem a capacidade de se manterem na esquerda em vias duplicadas.  Mesmo o lado direito livre, as pessoas não se mantém na direita, e se jogar luz alta, ou buzinar, você ainda leva no mínimo de "brinde" um palavrão.

Agora vamos ler o que diz o Código de Trânsito Brasileiro. Mas precisamente na LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997 – DOU DE 24/09/1997 – Atualização MARÇO/2010 – CAPÍTULO III – DAS NORMAS GERAIS DE CIRCULAÇÃO E CONDUTA.

Destaquei alguns Art. no qual acho que são mais problemáticos no nosso trânsito. Porém se você quiser ler na integra, clique no LINK.

        Art. 27. Antes de colocar o veículo em circulação nas vias públicas, o condutor deverá verificar a existência e as boas condições de funcionamento dos equipamentos de uso obrigatório, bem como assegurar-se da existência de combustível suficiente para chegar ao local de destino.
        Art. 28. O condutor deverá, a todo momento, ter domínio de seu veículo, dirigindo-o com atenção e cuidados indispensáveis à segurança do trânsito.
        Art. 29. O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas:
        I - a circulação far-se-á pelo lado direito da via, admitindo-se as exceções devidamente sinalizadas;
        II - o condutor deverá guardar distância de segurança lateral e frontal entre o seu e os demais veículos, bem como em relação ao bordo da pista, considerando-se, no momento, a velocidade e as condições do local, da circulação, do veículo e as condições climáticas;
        IV - quando uma pista de rolamento comportar várias faixas de circulação no mesmo sentido, são as da direita destinadas ao deslocamento dos veículos mais lentos e de maior porte, quando não houver faixa especial a eles destinada, e as da esquerda, destinadas à ultrapassagem e ao deslocamento dos veículos de maior velocidade;
        V - o trânsito de veículos sobre passeios, calçadas e nos acostamentos, só poderá ocorrer para que se adentre ou se saia dos imóveis ou áreas especiais de estacionamento;
        IX - a ultrapassagem de outro veículo em movimento deverá ser feita pela esquerda, obedecida a sinalização regulamentar e as demais normas estabelecidas neste Código, exceto quando o veículo a ser ultrapassado estiver sinalizando o propósito de entrar à esquerda;
        XI - todo condutor ao efetuar a ultrapassagem deverá:
        a) indicar com antecedência a manobra pretendida, acionando a luz indicadora de direção do veículo ou por meio de gesto convencional de braço;
        c) retomar, após a efetivação da manobra, a faixa de trânsito de origem, acionando a luz indicadora de direção do veículo ou fazendo gesto convencional de braço, adotando os cuidados necessários para não pôr em perigo ou obstruir o trânsito dos veículos que ultrapassou;
        Art. 30. Todo condutor, ao perceber que outro que o segue tem o propósito de ultrapassá-lo, deverá:
        I - se estiver circulando pela faixa da esquerda, deslocar-se para a faixa da direita, sem acelerar a marcha;
        Art. 32. O condutor não poderá ultrapassar veículos em vias com duplo sentido de direção e pista única, nos trechos em curvas e em aclives sem visibilidade suficiente, nas passagens de nível, nas pontes e viadutos e nas travessias de pedestres, exceto quando houver sinalização permitindo a ultrapassagem.

Espero que um dia possamos ter realmente um trânsito, livres de pessoas como o "Dr. Volante". Um dia já fui que nem ele, mais graças a Deus, conseguir mudar. Não deixe que os outros influêncie no seu modo de dirigir. Não é por uma minoria andar no acostamento, que você irá também andar! Lembre-se, que o seu tempo não é melhor que o meu e vice-versa!

E ai meus amigos, de quem é a culpa desse terrível trânsito de nossa capital e RMB????

0 comentários:

Postar um comentário

 
SouParaense.com | by Newton Costa© desde 2010